domingo, 22 de março de 2015

Últimos detalhes

A proteção de inox na proa acabou se tornando uma grande frustração. Apesar do empenho do meu amigo serralheiro, Flavio Carrenho, a peça não ficou legal. O material é difícil e a infinidades de ângulos, somando-se a impossibilidade de soldar as partes sobre a proa, acabou por produzir uma peça imperfeita. Como a iniciativa, que era um excesso de zelo da minha parte, não rendeu o resultado desejado  fui no tradicional: peças de sacrifício em madeira. Elas foram instaladas no dia 14 de março e confeccionadas com a habilidade de sempre do meu amigo sr João.
Foram usadas agulhas de inox cravadas na roda de proa que fixaram a duas partes da peça, feitas de garapeira (a parte curva) e jatobá (a parte frontal).
Agora é só dar acabamento com massa na peça e vamos virar a criança.












Vídeo


Veja mais da construção em:
https://sites.google.com/site/paratyazimute/

Nenhum comentário:

Postar um comentário