domingo, 30 de dezembro de 2012

Fechando o ano e o casco

A meta era mais ambiciosa, mas apesar dos pesares o balanço do ano foi bom. Eu queria terminar o ano virando o primeiro casco, mas não deu. Ontem terminamos a ultima tarefa do ano, pois voltar a trabalhar no barco, só em 2013. Praticamente fechamos um dos lados do fundo. A proa esta fechada, faltando apenas mais dua linhas de ripas no restante. Fechar as laterais foi mais simples e rápido, já o fundo exigiu criatividade, habilidade e esforço conjunto. Criatividade eu até que tenho um pouco, mas a habilidade do nosso amigo e grande marceneiro, senhor João, foi fundamental para a construção de peças importantes. O retorno ao projeto do marinheiro, Antonio Flávio, foi um reforço importante para as tarefas do dia-a-dia.
Em 2012 o mundo não acabou, ainda bem, pois se acontecesse como no filme, as águas do mar chegariam até o barco incompleto. Imaginar o Atlântico chegar até as montanhas extremenses e seus mais de mil metros de altitude, só no cinema mesmo. Porém preciso acelerar a construção, vai que apareça outra profecia apocalíptica e desta vez não poderei ser surpreendido...rsss.
Este mês marcou também o terceiro aniversário do início da construção do Paraty Azimute (veja como foi). Este ano não teve churrasco com os amigos para a comemoração, mas não posso esquecer as pessoas que contribuíram para que o projeto fosse em frente. Sou muito grato a Lurdinha, minha querida companheira, a Elisabete Ponzetto, Antonio Flavio, Raissa, Roberto Hipólito, Cidão, Rildo Monteiro, Rogério e Marcos Paulo. Agradecimento especial ao meu querido irmão Antonio Carlos Borriero e ao senhor João.











Veja mais sobre a construção no site:



sábado, 29 de setembro de 2012

Finalizando os reforços do resbordo

Foi uma tarefa bem complexa, apesar de aparentemente fácil. O resbordo é uma área muito importante da embarcação, na verdade o encontro dos dois lados do forro do casco. Problemas de construção podem resultar em muita dor de cabeça.
O reforço ficou até sobre dimensionado, em relação o projeto, mas reforço nunca é de mais. Agora vamos pro fechamento do casco!








Vídeo



Veja mais sobre a construção no site:



quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Fechando o fundo (3)

Nossa faz tempo que não posto nada no blog. Julho teve férias, fizemos uma viagem maravilhosa a Venezuela, visitando meu irmão que lá reside. Foram quinze dias fora, contando os preparativos e a resolução dos problemas, que se acumularam, na volta da bem mais que vinte cinco dias. Em agosto dei sequencia nos  reforços do resbordo, que ficaram um pouco diferente do projeto, mas sem alterar qualquer característica, só ta dando um pouco mais de trabalho. Faz parte né. Neste final de semana trabalharei com mais afinco, então postarei fotos do trabalho.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Fechando o fundo (2)

Estamos fechando o fundo, esta é a tarefa do momento. Bem mais complexa do que foi o fechamento do costado. As curvas produzidas pelas cavernas de proa são bem complexas, mas estão sendo feitas.As ripas estão sendo fixadas com resina epóxi e parafusos em inox. O trabalho de fechamento sera interrompido momentaneamente, pois sera preciso construir os reforços da quina do fundo.





Vídeo


Veja mais sobre a construção no site:
https://sites.google.com/site/paratyazimute/


domingo, 27 de maio de 2012

Fechando o fundo

Neste sábado foi instalada a primeira linha de ripas, do fundo, junto a proa. A forração dos bordos foi uma tarefa relativamente simples e rápida de fazer, porém com o fundo será outra história. Para colocar a primeira linha de ripas foi necessário fazer os reforços, ou quina de junção (veja post anterior), tarefa que consumiu um bom tempo. Os próximos passos precisarão ser bem estudados e planejados, pois existem curvas bem complexas, tanto na proa como na popa.





Vídeo


Veja mais sobre a construção no site:



quinta-feira, 24 de maio de 2012

Junção da quina na proa: Concluida

Como disse no post anterior, a próxima tarefa seria fixar os reforços (quina) e as ripas do costado que ainda faltavam na proa. As peças, feitas pelo senhor João, foram fixadas definitivamente. O forro do costado está concluído.






Veja mais sobre a construção no site:


segunda-feira, 7 de maio de 2012

Fazendo a junção da quina na proa.

Nesta segunda-feira foi iniciada uma tarefa importante. Uma tarefa que requer muita perícia e está sendo executada pelo senhor João. Ele esta fazendo a parte do costado que ainda restava na proa. Fazendo a quina para receber o forro do fundo. Neste local há curvas complexas e foi necessário a construção de peças com ajuste fino. Fácil não é, mas a tarefa está em boas mãos.
As peças estão sendo fixadas provisoriamente, depois do trabalho concluído vou retira-las e fixa-las novamente com resina epóxi e parafusos de inox.







Vídeo


Veja mais sobre a construção no site:



sábado, 5 de maio de 2012

Chanfrando a quina

A tarefa do momento está sendo chanfrar a quina entre o bordo e o fundo. na prática igualar o pau de canto no mesmo ângulo das cavernas, para a posterior forração. Do fechamento do bordo falta cerca de 3 metros, na proa, pois esta dando certo trabalho acertar a peça. mas esta semana estará concluído.







Vídeo

Veja mais sobre a construção no site:


sábado, 7 de abril de 2012

Fechamento do casco 31/3

No último final de semana de março iniciamos o fechamento dos bordos junto a quina do casco. A tábua mais larga parecia que tornaria mais rápida a tarefa, mas não foi bem assim. Mas ficou bom!
Ficou faltando a colocação da tábua da quina junto a proa que esta merecendo estudo em equipe. Neste final de semana, de feriadão, no qual viajei, o sr. João ficou de fazer uns testes para construção da peça. Na segunda vamos ver como ficou.




O Roberto, mais uma vez dando aquela força.
Veja mais sobre a construção no site:

domingo, 25 de março de 2012

Fechamento do casco, indo em frente!!!

Neste sábado continuamos o trabalho de fechamento do casco. A operação consiste em colar e parafusar as ripas de angelim nas cavernas. O ritmo do trabalho não é muito rápido, pois a necessidade colocar massa de epóxi na face da caverna e resina na fresta das ripas demanda um certo tempo, além da rotina de manuseio da resina e acelerador. Mas estamos avançando, o importante é isso. Cada etapa cumprida vem com a certeza, que o lançamento do Paraty Azimute às águas do Atlântico está mais próximo.

Neste final de semana contei com a valiosa parceria da minha querida Lu!









Veja mais sobre a construção no site:
https://sites.google.com/site/paratyazimute/



segunda-feira, 12 de março de 2012

Fechamento do casco, avançando

No texto anterior, fui meio reclamão, em parte por não ter alguém fixo pra me ajudar na construção e também pela  lembrança da minha saudosa mamãe, naquela história do livro. Mas como eu disse naquele texto, que bastava eu me acalmar que as soluções sempre aparecem. Pois bem consegui contratar um rapaz para trabalhar 3 vezes por semana, a noite.
No sábado tive a ajuda de um amigo, o Roberto Hipólito. trabalhamos das 14h até perto de 20 horas e o trabalhou rendeu muito.
Praticamente fechamos um bordo, faltando apenas uma tábua especial, que será cortada pelo Sr.João.
Vamos em frente, pois navegar é preciso!

Roberto Hipólito: uma grande ajuda, na tarde chuvosa do sábado.

Aplicando resina epoxi na fresta do encaixe da tábua (veja mais detalhes no vídeo).







Vídeo


Veja mais sobre a construção no site: