sábado, 19 de março de 2011

Retomando a vida

O AVC da mamãe foi um duro golpe na nossa tranquila vida. Passados 45 dias, as coisas ainda estão devagar. Os progressos estão sendo lentos, mas tenho esperança que ela vai sair desta. Ela sempre foi uma guerreira e espero ve-la alegre e falante como sempre foi, em breve. Meus olhos lacrimejam ao escrever estas palavras.
Hoje volto ao estaleiro, mamãe está no hospital, uma amiga da minha mãe estará la durante o dia, nos ajudando no revezamento para acompanhar mamãe,
Preciso ir, pois se quero levar mamãe ao lançamento do barco, preciso termina-lo.