sexta-feira, 29 de abril de 2011

Não deu

Infelizmente mamãe não resistiu a dura provação que a vida lhe impôs. Nesta semana ela se foi. Mas a vida tem que continuar!
Para a construção do Paraty Azimute é como o ano ainda não tivesse começado. A dor da perda ainda incomoda, mas navegar é preciso e para tanto preciso terminar meu barco. Minha mãe será minha motivação e a ela dedicarei meu esforço nesta jornada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário